Omraam Mikhael Aivanhov – O Campo das nossas responsabilidades.

Grande Fraternidade Branca, Textos

sunset-176179_640
“Em todos os domínios – político, social, científico, econômico, religioso, moral – se ouve as pessoas falarem de responsabilidade. Presidentes, ministros, generais, diretores, pais, professores, etc., todos sabem que são responsáveis. Uma quantidade de seres humanos e de acontecimentos dependem do seu comportamento, das suas decisões.

Sim, mas a noção de responsabilidade vai muito mais longe, porque todas as criaturas no mundo estão ligadas entre si e se influenciam mutuamente. A despeito das aparências, a separação não existe, é uma ilusão, nada está separado. E é assim que, não só pelos nossos atos mas também pelos nossos pensamentos e sentimentos, cada um de nós tem influência nos outros seres do mundo inteiro. Precisamos  saber isto para termos a verdadeira dimensão das nossas responsabilidades.

Vale a pena refletir sobre este assunto. Todos vocês têm imensas responsabilidades que podem utilizar como ocasiões para se desenvolverem e se tornarem mais conscientes, mais lúcidos, mais senhores de si.

Como é magnífico saberem, com plena certeza, que, pela sua vida pura, nobre e luminosa, podem arrastar todas as criaturas para a via do bem! Ainda que lhes pareçam que o que fazem não produz qualquer efeito, na realidade há sempre, em algum lugar, algo de bom que desperta, que recebe um impulso. E, se  se desleixarem, influenciarão também os outros, criarão condições favoráveis para a sua queda.

Vou dar um exemplo: estiveram meditando durante muito tempo e profundamente, enviando luz e amor ao mundo inteiro, e depois saíram para caminhar um pouco pelas ruas. Quando voltam para casa, não têm a impressão de ter feito o que quer que fosse… Pois bem, estão enganados. Se fossem clarividentes, veriam bem o que a sua presença pôde fazer, sem que o soubessem, às pessoas com quem cruzaram.

Algumas, que tinham projetos maléficos, abandonaram esses projetos; outras, que estavam perturbadas, desesperadas, encontraram um pouco de serenidade e de ânimo. Tudo depende da sinceridade das suas aspirações.

Os seus estados interiores não dizem respeito unicamente a vocês; eles também influenciam quem lhes rodeiam, e vocês são responsáveis…

Se não acreditam em mim, tanto pior para vocês, um dia verificarão! Quando chegarem ao outro lado e lhes disserem: «Olha para estas desgraças, estes acidentes, estes crimes; também foi a causa deles, foi por sua culpa que alguns seres sofreram», bem poderão protestar, dizendo que nunca fizeram todo aquele mal, que lhes responderão: «Sim, mas participou nele e essas pessoas sofreram realmente por sua causa: os seus pensamentos e os seus sentimentos contribuíram para que outros lhes fizessem esse mal.»

Não somos responsáveis apenas pelos nossos atos, mas também pelos nossos pensamentos e sentimentos, porque eles agem como forças no mundo invisível que arrastam os seres para o mal ou para o bem.”

Omraam Mikhaël Aïvanhov

Fascículo nº 2 – O Espiritualista na sociedade
9º. Capítulo – O Campo das nossas responsabilidades.

Fonte: Publicações Maitreya
http://www.publicacoesmaitreya.pt

Fim de ano
Pai João - Vocês estão atrás de milagres?
A Evolução do Espírito.
Os Servos da Luz.
A única fonte da vida.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *